As Firmes resoluções de Jonathan Edwards
Editora:

As Firmes resoluções de Jonathan Edwards

R$32,00
-+
Disponibilidade: Em estoque
Simular Frete Cep
Calcular





Descrição

Jonathan Edwards foi um dos maiores filósofos e teólogos que já viveu na América. (pág. 16). Suas obras são de alta importância teológica e de uma profundidade filosófica brilhante.Além de sua genialidade como teólogo, ele foi também um grande ministro e um pregador fantástico.Mas uma de suas mais admiráveis qualidades, se não a mais admirável, foi sua busca incansável por santidade. É isso que Steven J. Lawson nos mostra analisando as Resoluções de Edwards. Em sua análise, ele mostra como Edwards queria atingir a plenitude da vida cristã.O livro é dividido em nove capítulos, onde o primeiro é uma pequena, mas, ainda sim, impressionante biografia.
No segundo capítulo, o autor nos mostra o contexto histórico que Edwards vivia, suas raízes teológicas, o puritanismo, e apresenta o motivo que pelo qual Edwards foi inclinado a escrever suas Resoluções: a busca apaixonada por piedade.
No terceiro capítulo, Steven J. Lawson mostra que mesmo com todo o cuidado de levar uma vida santa e piedosa o máximo que pudesse, Edwards sabia que nada disso seria possível, se o mover do Espírito de Deus e sua graça não o inclinasse para tal, independente do fervor que houvesse em seu coração. Edwards tinha conhecimento de sua natureza caída e sabia que mesmo o busca por santidade (quanto mais o alcançar) é graça de Deus.A partir do quarto capítulo, o autor faz uma análise de algumas Resoluções e mostra como Edwards procurou cuidadosamente ser santo e irrepreensível diante de Deus (?como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele em amor? Ef. 1:4) em todas as áreas de sua vida.A glória de Deus era sua prioridade final e principal para tudo que viesse a fazer (?Portanto, quer comais quer bebais, ou façais, qualquer outra coisa, fazei tudo para glória de Deus? 1 Co 10:31). Quer comesse, quer bebesse, quer pregasse, quer estudasse, quer orasse, tudo era para a glória de Deus ? 
4º Capítulo ?. O abandono do pecado era mais que uma necessidade. Edwards sabia que isso era o dever de todo Cristão (?¹Que diremos pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça abunde? ²De modo nenhum! Nós, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele?? Rm 6:1-2) ? 
5º Capítulo ?.Edwards não queria viver uma vida em que ele se arrependesse dos seus atos, nem queria chegar à velhice sentindo que não fez o bastante em sua vida ? 
6º Capítulo ?.A disciplina era uma das principais características de Edwards e um dos seus trunfos para o seu crescimento intelectual e espiritual ? 
7º Capítulo ?.Edwards sentia que o amor ao próximo era crucial para um crente comprometido com o cristianismo (?Um novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei a vós, que também vós vos ameis uns aos outros.? Jo 13:34)? 
8º Capítulo ?.A prática do autoexame era um costume constante na vida de Edwards. Prática essa tão esquecida em nosso tempo ? 
9º Capítulo ?.Em suma, Jonathan Edwards foi um homem com uma conduta cristã fiel e exemplável, onde a alegria de seu coração era a glória de Deus. É em homens como Edwards que devemos nos espelhar para seguirmos uma vida cristã piedosa.

TAGS
Especificações
Editora: Fiel
Tipo de Produto: Brochura
Autores: Steven J. Lawson (Autor Cristão)
Edição: 1 / 2010
Ano: 2010
ISBN: 9788599145784
Páginas: 172
Tamanho do Arquivo: 14 x 21
Linguagem: Português


Perguntas (0)

Faça uma pergunta sobre este produto

Não quero que minha pergunta seja publicada.

Comentários (0)

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado!
    Ruim           Bom



Ofertas válidas enquanto durarem nossos estoques. Todos os preços e condições comerciais estão sujeitos a alteração sem aviso prévio. A simples inclusão de um produto no "carrinho de compras" não implica na efetivação da compra. Desta forma, sempre prevalecerá o preço do produto vigente no momento da "finalização" da operação de compra pelo consumidor, no caso de alteração de preço entre a data de sua colocação do "carrinho de compras" e a efetivação da compra. A inclusão do produto no "carrinho de compras" também não implica em sua reserva pelo consumidor, estando o mesmo sujeito a eventual término dos estoques.